Meu Primeiro Intercâmbio, Canadá

27.06.2017

Agora que você já sabe de onde veio esse desejo tão intenso de viajar, eu posso começar a contar um pouco das minhas aventuras nesse mundão.

Em 2013 eu estava cursando meu segundo ano do curso de Comunicação Institucional na Universidade Federal do Paraná e foi lá que eu conheci uma pessoa incrível, a Mari. A Mari trabalhava em um escritório e no mesmo prédio do trabalho dela tinha uma agência de intercâmbio e foi aí que essa história começou. 

Em agosto de 2013 eu fui demitida da empresa que estava trabalhando e recebi um bom acerto, além disso alguns meses depois terminei um namoro, essa combinação foi um empurrão pra fazer uma coisa que eu já queria há muito tempo: um intercâmbio. Isso foi lá por Setembro que a Mari me falou sobre a tal agência e que ela estava pensando em fazer o intercâmbio pro Canadá. Bom, se você leu meu primeiro post, você lembra da minha obsessão pelo Canadá né? Nós marcamos um dia e fomos na agência bater um papo, tirar nossas dúvidas e saber mais sobre o programa que eles ofereciam. Nos dias seguintes também fui em outras agências pedir orçamentos e fazer mais umas pesquisas, mas no final acabei fechando com a primeira agência mesmo. Eu já estava decidida que iria fazer o intercâmbio, conversei com minha família e tive total apoio, e no meio tempo a Mari decidiu que também faria o intercâmbio junto comigo, o que me motivou ainda mais. 

 

A primeira díficil decisão foi escolher pra onde ir. As cidades mais procuradas pra intercâmbio no Canadá são Toronto e Vancouver, porém nós estávamos programando pra ir em Janeiro, que é inverno no Canadá e Toronto neva muito, já Vancouver quase não neva, só faz muito frio, então optamos por Vancouver. Em seguida tivemos que decidir quanto tempo iriamos ficar, pois afinal estávamos indo só pra estudar inglês então as despesas não são poucas. Decidimos que fariamos o curso de inglês por 4 semanas e eu decidi ficar uma semana a mais só pra turistar, o que eu super recomendo fazer.

 

Se você nunca fez intercâmbio, funciona assim, você vai pra um país pra estudar a língua e fica morando com uma família que chamamos de "Host Family". Essa família vai te acomodar em um quarto privado, vai te providenciar as refeições, você vai ter a experiência mesmo de estar morando naquele país com uma família local. 

 

No dia 17 de Janeiro de 2014 embarcamos para o nosso tão sonhado e planejado intercâmbio, de tão nervosas que estávamos acabamos perdendo nosso vôo de Curitiba pra São Paulo, tivemos que pagar a diferença pra pegar o próximo vôo. Embarcamos e fomos de Curitiba a São Paulo, de São Paulo a Toronto, de Toronto a Vancouver. Eu lembro a emoção que senti quando o avião estava aterrisando em Toronto e pudemos ver a cidade toda branca, coberta de neve, foi indescritível. Chegar no aeroporto, enorme e ver um mundo já ali tão diferente, pra mim foi maravilhoso.

 

Tive muita sorte com minha host family, eles são um casal de professores super novos, com dois filhos, muito gente boa e até hoje eu tenho contato com eles. Em Vancouver eu concluí em 4 semanas o nível intermediário do curso de inglês, o que me ajudou muito a perder aquele medo de falar inglês. Eu já tinha um básico entendimento da língua, e sempre fui muito curiosa e aprendi muita coisa sozinha, só traduzindo músicas e assistindo seriados, mas o intercâmbio me deu uma boa base para o que iria acontecer no futuro.

Em Vancouver eu me apaixonei de novo, pela cidade. Ô lugar lindo! É simplesmente uma cidade encantadora, limpa, no meio das montanhas, pessoas educadas e simpáticas, um clima super estranho mas eu me surpreendi e até hoje acho que é o meu lugar favorito no mundo até agora. Nós pudemos explorar muitos lugares lá, uma ponte suspensa há 70 metros do chão, uma cidadezinha chamada Whistler nas montanhas, onde foram realizados os jogos olímpicos de inverno de 2010, lá eu fiz snowtubing pela primeira vez. O centro de Vancouver é lindo, cheio de prédio altos de vidro, muitas luzes a noite, o transporte público é maravilhoso, metrô, ônibus, você escolhe. Também fizemos muitas amizades por lá, vários brasileiros, mas também pessoas de toda parte do mundo, principalmente Ásia.

 

Eu definitivamente aconselho a todo mundo fazer um intercâmbio, pra qualquer país, pra aprender qualquer língua, cultura, apenas saia e vá viver essa experiência, que eu tenho certeza foi um dos melhores investimentos da minha vida. 

Se você tiver alguma dúvida, não deixe de entrar em contato comigo, deixe aqui nos comentários o que você achou dessa minha experiência. Até a próxima!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round

GEOVANNA SORICH  |  GCSORICH@GMAIL.COM   |   CURITIBA,PR - BRASIL

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now