Primeiro dia em Bangkok (Roteiro e Dicas)

19.03.2018

Olá pessoal!! Quem já me segue no instagram já sabe que eu e meu amorzão viemos passar nosso spring break na Tailândia! Chegamos dia 18 de março a noite em Bangkok e hoje foi nosso primeiro dia de tour por aqui e já tenho milhares de coisas pra compartilhar com vocês.

Primeiro de tudo você precisa saber que se você vai entrar na Tailândia com passaporte brasileiro você precisa ter a vacina contra febre amarela e precisa do certificado internacional que é uma carteirinha amarela que acredito que você pode solicitar na ANVISA no Brasil, porém como eu moro nos Eua e nunca tomei essa vacina, tive que pagar $250. Várias pessoas me aconselharam a não tomar, pois já tinham ido e entrado aqui sem, mas fiquei com medo e resolvi não arriscar, e ainda bem pois assim que cheguei, entrei na fila da imigração e adivinhem, o moço viu meu passaporte e me mandoupra um outro lugar pra verificarem meu histórico de saúde, lá tive que apresentar meu passaporte, a carteira internacional com a vacina de febre amarela e tive que preencher um formulário que eles disponibilizam lá e aí consegui entrar no país. Pegamos nossa mala e fomos procurar uma casa de câmbio pra trocar dinheiro, no aeroporto o câmbio estava $1 por 29 baths (dinheiro tailandês) e na cidade estava $1 por $30 baths, depois disso fomos logo comprar nosso chip de internet pro celular, compramos um pacote de 4.5G válidos por 30 dias por 549 baths (em torno de $18 cada) o nome da operaros é AIS e tem vários planos diferentes lá. Em seguida chamamos um uber pra nos levar pro hotel e 3 ubers cancelaram nossa corrida pois nós esperamos onde o app nos mandava mas eles não estavam indo lá nos encontrar, por isso não recomendo pegar o uber no aeroporto, aqui esse serviço não é regularizado então os motoristas ficam fugindo da policia no aeroporto. Acabamos pegando um taxi por 500 bath pra uma corrida de meia hora até o nosso hotel. 

Nós reservamos o Bandara Suites Silom e pagamos um pouco menos de $100 por noite (vamos ficar aqui 3 noites), e fiquei surpresa com a qualidade do hotel, nos deram um upgrade para a suite executiva com cozinha e sala, tudo muito limpo, cama confortável, vista íncrivel, café da manhã não incluso porém disponível um excelente buffet por 299 baths (quase $10). Como chegamos tarde, pedimos comida no quarto, muito boa por sinal gastamos em torno de $16 eu pedi uma pizza e o Andrew um prato Tailandês, tomamos banho e fomos dormir pra acordar cedo. 

 

Logo que acordamos já fomos nos arrumar pois eu tinha agendado um uber pra nos pegar as 8 da manhã, fomos tomar café e esperamos o uber que dessa vez apareceu 🙏🏻 e pagamos em torno de $10 pra ele nos levar até o Wat Arun, o primeiro templo que visitamos. O lugar é lindo, uma arquitetura muito diferente do que estamos acostumados, o valor pra entrar nesse templo é de 50 baths por pessoa ($1,66). aproveitei pra tirar muitas fotos óbvio.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De lá pegamos um barco no pier 4 que nos levou até o Grand Palace, o preço do barco é 4 baths e leva tipo 1 minuto pra atravesar pro outro lado do canal. De lá acabamos conversando com um cara que nos deu umas dicas de onde ir e acabou nos convencendo a ver outros lugares primeiro. Então pegamos um tuk tuk, aquela motinho engraçada que leva a gente pra cima e pra baixo por aqui, fizemos um acordo de ele nos levar pra 3 lugares por 100 baths ($3,33). Primeiro fomos no templo do Smiling Buddha, que é o buda da felicidade, as pessoas vão lá rezar pra pedir felicidade pro buda, esse templo tem entrada gratuita, é bem menor do que os outros, não tem muito o que ver mas de graça por que não?

 

Dali nós fomos para o Wat Benchamabophit  (The Marble temple) e a entrada nesse templo custa 50 bath ($1,66), esse templo é conhecido por seus pilastres de mármore, ele foi construído por ordem do quinto rei que tem suas cinzas enterradas em baixo do buda nesse templo. Esse lugar também rendeu fotos lindas, tem uma ponte muito charmosa e um jardim encantador. Lembrando que para entrar em todos os templos você deve se vestir apropriadamente, sem mostrar os ombros, costas, barriga e joelhos.

 

 

 

 

Saindo dali voltamos para o nosso motorista no tuk tuk e ele nos levou para o Grand Palace, que é onde a família real costumava morar. Acredito que esse seja um dos maiores lugares pra se conhecer das atrações, a gente nem andou por tudo pois estava muito quente 34 graus e estávamos morrendo de fome. A entrada aqui custa 500 bath ($16,66) por pessoa.

 

 

 

 

 

 

Saímos e fomos almoçar na rua ali em frente mesmo, antes paramos em uma seven eleven, lojinha de conveniência, e compramos protetor solar, é importante ficar atento pois vários produtos tailandeses tem alvejante na fórmula, pra clarear a pele, então ficamos espertos e compramos um da nívea mesmo pra garantir. Nós estamos evitando comer comida quente, pois em Barcelona eu passei muito mal depois de comer Paella e andar no sol, então optamos por comer uns sanduíches mesmo, esse almoço nos custou 580 bath ($19,33).

Após o almoço negociamos outro tuk tuk, 80 baths ($2,66) pra nos levar até um centro de informação turística, pois queria comprar o tour dos mercados para o dia seguinte e de lá seguir para o Golden Mount, um monte com mais de 300 degraus, com sinos em toda a subida que dizem que você precisa toca-los pra trazer sorte, não sei se funciona mas arrisquei haha. No topo uma vista incrível da cidade e um lugar para as pessoas fazerem suas orações também. A entrada aqui foi 50 baths, e esse nem estava na minha lista mas eu super indico fazer, a subida é muito linda com muita natureza em toda a área.

 

 

 

 

 

 

 

Na saída não tinham muitos tuk tuk disponíveis então foi difícil negociar nossa última parada, andamos um pouco e por fim achamos um senhor que nos levou pro Wat Pho por 100 baths ($3,33). O What Pho é o templo do buda deitado, mas é um buda gigante mesmo, a entrada aqui custa 100 baths por pessoa, mas também super recomendo, o lugar é enorme e uma arquitetura lindíssima, muita coisa pra se ver. 

 

 

 

 

 

 

E esse foi nosso último templo do dia, ali em frente tem várias lojinhas e restaurantes, aproveitei pra comprar imãs de geladeira, 3 por 100 baths ($3,66), é tudo incrivelmente barato mesmo! Porém poucos lugares aqui aceitam cartão, a maioria é só no cash mesmo então venha preparado. Dali pegamos um uber de volta ao nosso hotel, pedimos serviço de quarto novamente e fomos relaxar na piscina e hot tub do hotel. O calor realmente nos deixou extremamente cansados, mas senti que o dia rendeu muito e pelo transporte ser muito barato facilitou demais e não precisamos andar tanto. Com certeza a Tailândia já subiu na minha lista de lugares favoritos e já quero planejar voltar pra cá mil vezes!!! 

Amanhã faremos o tour dos markets e estou muito animada. Espero que vocês tenham gostado do post e me sigam no insta, pois estou postando tudinho nos meus stories e se você perdeu estou deixando salvo no perfil lá então clica aqui e me segue. Até a próxima!!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round

GEOVANNA SORICH  |  GCSORICH@GMAIL.COM   |   CURITIBA,PR - BRASIL

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now