Passeio com Elefantes em Chiang Mai

11.07.2018

 

 

Se eu tivesse que escolher uma parte favorita da viagem pra Tailândia com certeza seria essa, o passeio com os elefantes em Chiang Mai. Desde o começo de todos os planos dessa viagem incrível pra Tailândia, esse passeio sempre esteve no topo da minha lista, mas acabou sendo o último da nossa viagem, mas que foi perfeito, que fechou a viagem com chave de ouro. 

Não sei se vocês sabem mas o elefante é o animal símbolo da Tailândia, e infelizmente em muitos lugares esses animais são explorados e maltratados em prol do turismo. Por isso é muito importante você pesquisar BEM antes de ir em qualquer lugar fazer esse passeio, uma dica é se no local eles oferecem passeio no elefante, onde você sobe em cima do animal, CAI FORA! Esse lugar não tem nenhum cuidado com os elefantes e só quer arrancar dinheiro. Procure por lugares com nomes como Sanctuary (Santuário) no meio, provavelmente será um lugar que resgata e cuida dos elefantes. O local que escolhi, após muitas pesquisas, se chama "Elephant Jungle Sanctuary", fica em Chiang Mai e lá existem alguns tipos de visitas, você pode ir meio dia, o dia inteiro e até passar noites lá como voluntários cuidados dos elefantes. Como nosso tempo era muito curto nós optamos por meio dia e concordamos que foi mais do que suficiente. 

O preço da visita de meio dia por pessoa é de 1700 bath (aproximadamente $54) e inclui transporte do hotel ida e volta, um mini almoço, água, guia turístico, um fotógrafo que fica tirando fotos e depois coloca na página do facebook e as comidas pra alimentar os elefantes. O trajeto do hotel até o Santuário dos elefantes é bem longo, em torno de 1 hora e meia e como se fosse na caçamba de uma caminhonete mas tem um banquinho pra sentar e é fechada, mas não espere conforto, leve uma almofadinha porque parte do trajeto são ruas sem asfalto e balança muito e além disso você vai dividir esse transporte com pelo menos mais umas 9 pessoas.

 

 

 

 

 

 

Ao chegar lá o guia nos recebe e explica sobre o trabalho que eles fazem com os elefantes e nos orienta como a visita vai funcionar e como devemos agir com os animais. Também nos entregam essa espécie de camiseta logo na entrada, foi explicado que isso facilita para os elefantes nos reconhecerem pois o pessoal que trabalha lá sempre usa essa mesma camiseta e também todos os turistas diariamente, então é uma forma do animal se sentir mais confortável e confiar em nós, pois querendo ou não o elefante é um animal selvagem. 

Após essa introdução eles trazem os elefantes na parte coberta onde existe uma barreira, para que possamos nos familiarizar com os animais, e usamos bananas para alimentar-los. 

 

Depois eles levam os elefantes pra área aberta e ali continuamos a interagir com eles e alimentar com bananas a cana.  Esse contato pra mim foi encantador, eu nunca imaginei que pudesse ser tão incrível. Os elefantes, apesar de serem animais selvagens, são muito tranquilos, adoram a atenção toda que recebem. 

Logo em seguida, colocamos nossos trajes de nadar (precisa levar) e partimos para o rio, dar o banho nos bichinhos, o pessoal nos fornece um baldinho pra jogarmos a água e molhar os elefantes e eles se divertem. Depois os guias, que são muito engraçados por sinal, começam a jogar água em todo mundo e no final todo mundo sai molhado, então se preparem haha. 

 

Depois disso, caminhamos com os elefantes até a lama, para o SPA matinal haha. A lama serve pra proteger a pele dos elefantes do sol e dos bichos e eu achei demais, pois eles pareciam crianças brincando na lama de tão felizes e comfortáveis que estavam. Em seguida tomamos uma ducha pra tirar a sujeira do corpo e almoçamos, um almoço simples mas bem gostoso e suficiente.

 

Posso ser repetitiva, mas esse passeio foi sensacional, como tudo nessa viagem né? Mas olha vale muito a pena, fiquei muito feliz de saber que existem lugares como esse que resgatam esses animais dos maus tratos e cuidam como se fossem um membro da família. Eu faria novamente com certeza, mas como disse meio dia é tempo suficiente pra se viver essa experiência, da pra curtir muito, mas depois não tem muito o que fazer. 

Então se vocês forem fazer não se esqueçam de pesquisar bem e esse passeio é feito em outras cidades também não apenas Chiang Mai. Qualquer dúvida não deixem de me escrever por aqui e me seguir lá no insta pra acompanhar nossa próxima aventura @gesorich.

 

Até lá!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round

GEOVANNA SORICH  |  GCSORICH@GMAIL.COM   |   CURITIBA,PR - BRASIL

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now